Prof.Dr.Luis Carlos Figueira de Carvalho

Widgets

Translate this Page
POS GRADUAÇÃO
Por que fazer uma pós-graduação?
Melhorar curriculo
Ver Resultados

Rating: 2.8/5 (2200 votos)




ONLINE
4






OBSERVAÇÃO DE MICRORGANISMOS

OBSERVAÇÃO DE MICRORGANISMOS

Existem dois métodos gerais utilizados para preparar espécimes microbiológicas para observação de microrganismos por meio do microscópico luminoso.

Técnica entre lâmina e lamínula e gota pendente - utiliza uma suspensão de microrganismos vivos em uma gota ou uma camada líquida. Estas preparações (a fresco) são especialmente úteis quando a estrutura de um microrganismo pode ser distorcida pelo calor ou agentes químicos, ou quando o microrganismo não se cora facilmente.

Técnicas de Coloração - a camada fina do espécime é seca e corada, assim os microrganismos ficam fixados à superfície e apresentam-se corados para facilitar a visualização. Usadas para mostrar as várias estruturas dos microrganismos, para identificar e separar suas estruturas internas e para ajudar a identificar e separar microrganismos similares.

As principais etapas do preparo de um espécime microbiano corado para exame microscópico são: 1 - Confeccionar um esfregaço, ou uma camada fina do espécime sobre uma lâmina de vidro; 2 - Fixar o esfregaço seco à lâmina, usualmente com o calor, para fazer aderir o microrganismo à lâmina; 3 - Coloração com um ou mais corantes

Coloração Simples - a coloração de microrganismo com uma única solução de corante; ex: azul de metileno para leveduras, ou bolores.

Coloração de Gram - neste processo, o esfregaço bacteriano é tratado com os reagentes na seguinte ordem: o corante púrpura cristal violeta, a solução de iodo (substância que fixa o corante no interior da célula), o álcool (remove o corante de certas bactérias) e o corante vermelho safranina.

Bactérias Gram-positivas, retém o corante cristal violeta e aparecem coradas em violeta-escuro;  Bactérias Gram-negativas, perdem o cristal violeta quando tratadas com álcool, são então coradas com o corante safranina e aparecem coradas em vermelho

 Coloração diferencial - envolve mais de uma solução de corante; ex: coloração de álcool-ácido para bactéria causadora da tuberculose; distingue esta bactéria patogênica, por meio da cor (vermelho, pelo corante principal), de outras bactérias (azul, pelo corante do fundo) encontradas em amostras como saliva e escarro.

 OUTROS MÉTODOS DE COLORAÇÃO

  • VERMELHO CONGO Þ Espiroquetas (Leptospira)
  • ALBERT-LAYBOURT Þ Grânulos metacromáticos (C. diphtheriae )
  • HISS Þ Cápsulas ( Klebsiella sp. )
  • WIRTZZ Þ Esporos ( Bacillus sp. )
  • SABATUCCI Þ Esporos ( Bacillus sp. )

Pub

CONSULTORIA ACADÊMICA: 

Professor e orientador para sua vida acadêmica, que propõe dar suporte didático-pedagógico e orientações para que você almeje seus objetivos, de forma prática e rápida.

Existe duas maneiras de chegar a algum lugar. Uma de forma aleatória, com tentativas de acertos e erros; e, outra, orientada e supervisionada por alguém que conhece o caminho das pedras.